DGPop#002 – Matrix: Eu escolho acordar!

[No Ar], mais um episódio do DGPop, a atração em Cultura Pop aqui do Dugrego. Nesse episódio, André Lourenço, Wellington Malheiros, Jean Lobato e Rafael Pavanelo conversam sobre os paralelos da vida cristã com o filme Matrix. Tome a sua pílula vermelha e venha descobrir com a gente até aonde vai a toca do coelho. 

Dá um play, e não se esqueça de comentar aqui abaixo, dando sua opinião, crítica ou sugestão, ou mande um e-mail para podcast@dugrego.com.br. 

Nos siga no FACEBOOK;

ASSINE nosso canal no youtube;

OUÇA NO YOUTUBE:

OU DÊ UM PLAY ABAIXO:

DGPop#002 - Matrix: Eu escolho acordar!
  • Mael Spinelli

    Graça e Paz, pessoal!
    Que episódio legal demais! O interessante é que já conhecia muito desse tom do filme… só a título de curiosidade, se vocês lerem o livro “Eu, Robo” de Isaac Assimov, pode ser que, assim como eu, vocês acabem descobrindo que as máquinas são, na verdade, as verdadeiras salvadoras da humanidade!

    • André Lourenço

      E aí Mael, cara eu não li esse livro não, não sei dizer se o Rafael ou o Jean leram, mas bem interessante esse seu comentário. O q posso dizer é q eu assisti o filme “Eu, Robo”… rsss, isso conta?! Obg pelo comentário e aguarde q em breve tem mais!

      • Mael Spinelli

        Mais ou menos, pois o filme aborda isso como “uma falha” e no livro é uma conclusão lógica. Basicamente é isso:
        – O homem é a maior ameaça ao próprio homem então é necessário selecionar, na humanidade, quem é ameaça maior;
        – O homem mostra sua verdadeira face no caos então criar caos mostra como um ser humano é em sua natureza;
        – O homem egoísta é o inimigo de sua própria espécie então a incitação ao caos mostra quem é egoísta;
        – O homem precisa ser movido por um propósito então, após exterminar as ameaças, uma ameaça controlada precisa existir.
        Conclusão: As máquinas se tornam inimigo do homem para protegê-lo dele mesmo.

        • André Lourenço

          Interessante Mael, muito obg por compartilhar conosco. Abraço!

  • Ótimo episódio pessoal! Curto muito Matrix e também fazer as comparações. Mas uma que nunca tinha feito e curti o comentário de vocês é de que quando o Neo “acorda”, eles vivem um vida simples, com o “necessário” no que comer e vestir. Nunca tinha parado para pensar nessa comparação com o Reino. Muito bom!

    Abraços
    EddieTheDrummer

    • André Lourenço

      Opa e aí Eddie, obg pelo comentário! Aguarde q logo, logo, estaremos lançando a continuação desse episódio e esperamos q seja tão bom quanto o primeiro. Valeu!!!

  • Débora de Meneses Souza

    Olá, pessoal do Dugrego!
    Está bem bacana ouvir o DGPop! Continuem firmes! rs

    Abraço!

    • André Lourenço

      Olá Débora, muito obg! Aguarde q em breve tem mais 🙂